Abdominioplastia

Cirurgia plástica no abdome

Atenção: O vídeo, animações e conteúdos a cima são representações simplificadas e genéricas dos diversos procedimentos cirúrgicos. Cada paciente individualmente pode ter uma escolha de técnica cirúrgica, evolução pós operatória, resultados e cicatrização diferentes.

A Abdominoplastia é a Cirurgia Plástica que resulta em um abdômen reto, liso, sem flacidez, que é o desejo de muitos homens e mulheres.

Mas afinal, o que causa a flacidez abdominal? A perda de elasticidade natural da pele na região abdominal pode ser causada pelo ganho e perda  excessiva de peso ou por múltiplas gestações.

O fato é que a flacidez abdominal que tanto incomoda, tem tratamento.

A Abdominoplastia não tem como objetivo a perda de peso e sim dar forma ao abdômen que sofreu alterações e perdeu seu contorno natural.

Pacientes que desejam engravidar devem esperar para realizar o procedimento, ou terão os resultados comprometidos devido à gestação que afrouxará novamente a pele e os músculos.

A Abdominoplastia não é indicada para eliminar estrias.

A remoção das estrias abaixo do umbigo acontece naturalmente, quando ela está junto ao excesso de pele a ser retirado, sendo uma conseqüência e não uma indicação da cirurgia.

A cirurgia do abdômen ajuda na conquista de um corpo mais firme e bonito.   Os seus resultados perduram se forem associados a uma alimentação adequada e exercícios físicos.

Recomendações pré-cirúrgicas para Abdominoplastia

Programe sua vida diária e social nos dias seguintes à cirurgia, respeitando os cuidados necessários.

É importante que você esteja em boas condições de saúde para fazer a cirurgia. Na consulta médica é realizada uma avaliação física completa e são solicitados exames laboratoriais.

Algumas recomendações deverão ser seguidas antes da cirurgia. Informe ao seu médico os remédios que você usa normalmente, pois alguns devem ser suspensos, como é o caso dos anticoagulantes.

Nos dias que antecedem a cirurgia é aconselhável interromper o consumo de bebidas alcoólicas e o fumo.

Avise o médico em caso de gripe e indisposição antes da cirurgia. 8 horas antes jejum absoluto de alimentos sólidos e de líquidos.

O tempo da cirurgia, de internação e o tipo de anestesia serão informados pelo seu médico.

O retorno às atividades normais e ao trabalho se dá em alguns dias.

Outras recomendações específicas, relativas a cuidados com o curativo, cicatrização, exposição solar e atividades esportivas serão dadas pelo seu médico de acordo com o seu caso.

A paciência e os cuidados são fundamentais no pós-operatório. Ao longo de alguns meses você poderá ver um resultado mais natural e definitivo.

As complicações são raras devido ao preparo realizado no pré-operatório e os cuidados oferecidos durante e após a cirurgia.

A Cirurgia Plástica é um dos caminhos para conquistar mais auto-confiança e melhorar sua qualidade de vida.

Converse sobre suas expectativas com seu médico e veja o que realmente pode ser feito no seu caso, pois a perfeição não existe.

Juntos, poderão discutir as técnicas cirúrgicas existentes e a mais indicada para o seu caso, pois há de se respeitar sempre a anatomia de cada pessoa.

Não existe Cirurgia Plástica sem cicatrizes, cada pessoa tem um processo de cicatrização diferente, que não depende do médico e sim do organismo.

Você deve buscar o melhor resultado dentro da sua realidade, sem a expectativa de ficar parecido com alguém famoso ou que você admira.

Técnica Cirúrgica da Abdominoplastia

A parede abdominal é formada de pele, tecido gorduroso e musculatura. Cada Abdominoplastia é minuciosamente planejada analisando-se o formato geral do corpo. Vamos ver agora como é realizada a cirurgia do abdômen.

É realizada uma incisão horizontal acima dos pêlos pubianos.

Através dela o cirurgião tem acesso aos músculos abdominais, que podem ser aproximados, caso estejam afastados, deixando a parede abdominal mais firme.

O tecido flácido que cobre o músculo abdominal é puxado para baixo e removido, deixando o abdome firme e bonito.

O umbigo é reposicionado em seu local original, através de um novo orifício, cuja a incisão fica escondida na própria cicatriz umbilical.

O tamanho da cicatriz será determinado pelo grau de flacidez do abdômen.

Quando o paciente apresenta pouco excesso de pele o tamanho da incisão é menor, muito parecida com o tamanho da cesária, técnica conhecida como mini-abdominoplastia.

Já nos casos em que há grande flacidez de pele, a cicatriz é maior, porém fica escondida na marca dos  trajes de banho.

O uso de dreno pode ser necessário para remoção de líquidos que se formam abaixo da pele, facilitando a cicatrização e promovendo uma recuperação mais rápida.

Ele é retirado nos dias seguintes à cirurgia conforme cada caso.

A Lipoaspiração é muitas vezes associada à Abdominoplastia para retirar aquela gordura localizada, proporcionando assim um melhor contorno corporal.

As cicatrizes amadurecem e vão ficando menos visíveis com o passar do tempo, podendo levar alguns meses para o resultado final.

Recomendações pós-cirúrgicas para Abdominoplastia

O uso de cinta modeladora é imprescindível no pós-operatório, ajudando a remodelar o novo formato do abdômen, diminuir o acúmulo de líquidos e também acelerar a recuperação através da  compressão da região operada.

Nos primeiros dias o paciente deverá manter sua postura curvada, para não comprometer os pontos.

Ao dormir, também deverá manter a posição curvada com o auxilio de travesseiros debaixo dos joelhos e nas costas.

Sessões de Drenagem Linfática e Ultrassom aceleram a recuperação, promovendo a absorção de inchaços e melhorando a cicatrização interna.